Compreensão da fogueira

O fogo começou com galhos de pinheiro

fiz um círculo às chamas, com respeito,

feito índio, cajado na mão, lancei

lixos internos e externos nessa garganta ígnea

minutos depois, o centro da fogueira esfriou

como nossos corações, a estrutura balançou e caiu em parte

assinei mais um ensaio sobre a compreensão

dessa arte, queimar para dentro

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s